Páginas

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010

Para fechar 2010 com chave de ouro


Recebi uma ligação 0:38h, acordei a pouco. Geralmente eu desligaria o celular, mas existem pessoas que não podemos deixar de atender, e a Déia é uma dessas.
A partir desse momento, meu coração já sabia que algo viria por aí. Ou seria para rir ou para chorar. A Déia só me ligaria a essa hora para dar alguma notícia em relação ao mestrado. Entramos ou não? Nossa vida enquanto pesquisadoras teria algum futuro?
Atendo meio sonolenta e ela me diz "Como você pode dormir?? Hahaha... Saiu o resultado!" e eu, respondo, ainda rouca, com uma calma que nem parece minha "Mas era só sexta, às 14h!". Mal termino a frase e a Déia anuncia "Passamos, Carmen!".
Não consigo acreditar. Mesmo meu projeto tendo sido aceito e eu tendo passado na prova, ainda posso lembrar da minha decepção no dia da entrevista, que também era de caráter eliminatório. Achei que não tinha me expressado bem, tinha certeza de que não daria certo. Voltei para Jundiaí com aquela sensação estranha de "fiz o que pude, se não der não deu" e resolvi vir andando da rodoviária até a minha casa para distrair um pouco, enquanto ainda ouvia as músicas que Paul McCartney havia cantado no dia anterior.
Tive que entrar na internet agora para ver a lista. Passei, não é sonho. Embora o sono comece a bater de novo, ainda estou acordada. Parece que todas as noites mal dormidas escrevendo projeto, estudando para a prova e para a entrevista, me privando um pouco das coisas que gosto de fazer durante algumas semanas, valeram à pena.
Chorei, acordei a minha família para contar e estou chorando até agora. Choraria de qualquer jeito, passando ou não, mas vamos combinar que chorar de alegria é muito melhor!
Agora, um leque de novas possibilidades e dúvidas se abrem para mim, uma mistura de satisfação e medo. E agora? Estudo, Unicamp, mais congressos, viagens...
Eu achei que já tinha acontecido coisa boa demais esse ano e ainda me vem mais essa, será que eu mereço? Será que vou dar conta? Não sei, mas agradeço a Deus por ser tão tão bom comigo e, claro, as pessoas que acreditaram nisso desde o início.
Bem, não sei se é presente de Natal ou a última missão do ano que eu consegui cumprir, mas agora ingressei no mestrado em Educação na Unicamp, especificamente, Filosofia da Educação. Não é pretensão, mas estou me sentindo a pessoa mais feliz do mundo!

PS: "Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado" (Roberto Shinyashiki).

3 comentários:

  1. Parabéns, orgulho de ser sua amiga. Vc merece isso e muito mais, nunca vi pessoa mais esforçada.

    ResponderExcluir
  2. oiiieee carmem, que gracinha parabens viu... e boa sorte nesta sua nova jornada....
    bjussss

    http://dannysbe.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Oi linda! Parabéns e que você seja muito feliz nas suas conquistas! Muitas bençãos e muita luz! Firmeza e coragem sempre! bjo, Karina (BH)

    ResponderExcluir