Páginas

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Brincando com palavras

Acho essa tirinha uma graça, um jogo muito legal com as palavras.

PS: "se/ nem/ for/ terra/ se/ trans/ for/ mar" (Paulo Leminski)

terça-feira, 22 de junho de 2010

Alforria



PS: "Liberdade é pouco. O que eu desejo ainda não tem nome" (Clarice Lispector).

sábado, 19 de junho de 2010

Mudança!




É bom mudar de vez em quando e, por isso, Léguas de Distância transformou-se em Coisas de Carmen!
Claro, continuo viajando léguas de distância sem sair do lugar, realizando a viagem interior que nunca cessa, mas acho que Coisas de Carmen está mais condizente com meu atual estado de espírito.
Com uma nova pincelada, o blog está mais alegre, colorido e menos nostálgico... assim como minha imensa vontade de conduzir a vida de uma maneira mais leve e divertida, sem tantas complicações...

PS: "Se o amor é fantasia, eu me encontro ultimamente em pleno carnaval." (Vinícius de Moraes)

quinta-feira, 17 de junho de 2010

aBeatlelada


sobre nossa melodia
não é preciso dizer nada
suas mãos e minha cintura
juntas nessa enrascada

e são esses nossos beijos
meio Elvis, meio Beatles
sempre cheios de desejos
que me deixam “aBeatlelada”

PS: "It's been a hard day's night/ And I've been workin' like a dog/ It's been a hard day's night/ I should be sleepin' like a log..." (A Hard Day's Night - The Beatles)
"We're caught in a trap/ I can't walk out/ Because I love you too much baby... " (Suspicious Minds - Elvis)

sábado, 5 de junho de 2010

Da Janela Lateral




E mesmo quando não posso sair de casa, Deus me presenteia com essa paisagem no final da tarde... não pude deixar de fazer arte!


PS: "Na paz depois, /Depois na paz/Eu quero mais/Aonde você vai/Meu sonho vai/ Meus sonhos vão/A parte quente que pressente a sua mão/Meu coração/Você que faz a minha vida variar/Tá na luz que passa pelo ar/Passa também pelo meu, olhar..." (Vida Boa - Caetano Veloso, composição Fausto Nilo/ Armandinho)

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Essa coisa de paixão

Famosa foto de Alfred Eisenstaedt, no fim da Guerra

Minha mãe me disse:
- Filha não acredite
nessa coisa de paixão,
que isso é coisa de novela
e pra moça, não serve não.

Ai, se minha mãe soubesse
que minha paixão é de cinema!
Tem mocinho e tem bandido,
tem beijo de pé erguido
e minha vida é um dilema.

Minha mãe insiste:
- Minha filha, não se iluda
e mate logo essa paixão.
- Mas, minha mãe, como é que posso
acabar com a alegria do meu próprio coração?


PS: "Eu sou a veia e você é a agulha/ Eu sou o gás e você é a fagulha/ Eu sou o fogo e você é a gasolina/ Eu sou a pólvora e você a mina" (Fogo e Gasolina - Roberta Sá e Lenine, composição Pedro Luís e Carlos Rennó).